Filme: Estrelas além do tempo

O filme é inspirado no livro Hidden figures da Margot Lee Shetterly.

Sinopse segundo Adoro Cinema

1961. Em plena Guerra Fria, Estados Unidos e União Soviética disputam a supremacia na corrida espacial ao mesmo tempo em que a sociedade norte-americana lida com uma profunda cisão racial, entre brancos e negros. Tal situação é refletida também na NASA, onde um grupo de funcionárias negras é obrigada a trabalhar a parte. É lá que estão Katherine Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughn (Octavia Spencer) e Mary Jackson (Janelle Monáe), grandes amigas que, além de provar sua competência dia após dia, precisam lidar com o preconceito arraigado para que consigam ascender na hierarquia da NASA.

Assistir ao filme foi um misto de emoção e revolta. Fico feliz quando vejo que em meio as dificuldades as pessoas conseguem se superar e vencer. Mas, pensar que até para tomar café, a garrafa térmica tem que ser diferente, para uma “pessoa de cor” me deixa puta. O filme é baseado em fatos reais e como descrito a cima, fala sobre três mulheres muito inteligentes(matemática, engenharia mecânica e ciência aeroespacial) que trabalhavam na Nasa e eram negras. A escravidão tinha sido abolida, mas os negros não podiam frequentar o mesmo ambiente onde um branco estivesse. Por elas serem muito inteligentes elas conseguem vagas entre os brancos, mas sofrem muito, muito, muito preconceito. Elas eram tratadas com duplo preconceito por serem mulheres, o “sexo frágil”, e por serem negras. Felizmente elas deram a volta por cima, não é todo mundo que aguenta, eu não aguentaria. É muito bacana quando elas começam a executar e falar sobre exatas e as pessoas ao redor ficam bestas com tamanho conhecimento. Me senti orgulhosa kkkkk

Vi algumas críticas sobre o filme, como se ele quisesse passar uma imagem de acomodação pelas pessoas negras que reclamavam da situação, mas t. No mínimo, quem frequentou as aulas de história aprendeu sobre a época de 1961. Uma década muito difícil para os negros, não adiantava usar a força. Elas foram conquistando lugares altos usando a razão e a inteligência. Dando tapa na cara da sociedade, com luvas. É uma história inspiradora, principalmente para quem é mulher e negra. Sim, avançamos muito, as mulheres estão conquistando novos patamares, mas não estou iludida acreditando que o preconceito acabou ou vai acabar qualquer dia desses. É uma luta diária e feita em união.

Bom filme.

hidden-figures-film-header-v2-front-main-stagereais-estrelas-alem-do-tempo

Anúncios