Seriado: Killing Eve

Sabe quando você assiste um filme ou seriado e tem a vilã que moralmente, socialmente, humanamente e qualquer coisa mais ente você deveria detestar e ser contra, mas você gosta dela? Isso provavelmente pode acontecer quando você assistir ao primeiro episódio desse seriado que acabou de começar e já tem a segunda temporada garantida. E o que falar da maravilhosa Sandra Oh que partiu nossos corações(aliás, foi Shonda) em Grey’s Anatomy e agora começa a juntar os pedaços nesse seriado?

Sinopse de Adoro Cinema

Eve (Sandra Oh) trabalha como segurança em uma empresa, mas seu emprego estável e dentro de quatro paredes não sucumbe o desejo dela de se tornar uma espiã. É por isso que quando a primeira oportunidade surge, a jovem não pensa duas vezes  e mergulha em uma caçada incansável contra um assassina. Agora, seu alvo é Villanelle (Jodie Comer), uma criminosa tão elegante quanto perspicaz.

A série é baseada no livro Codinome Villanelle de Luke Jennings.

Gênero: drama, suspense.

Episódios: 16. Na primeira temporada serão 8, infelizmente.

Duração: 60 minutos.

Eve é assistente em uma empresa de segurança que é contratada para fazer a escolta e cuidar de uma testemunha que viu seu namorado sendo morto, um político russo. Quem cometeu o assassinato foi Villanelle. Quem contrata a empresa é Carolyn Martens do MI6(algum serviço secreto da Rússia), ela faz uma reunião para informar alguns detalhes sobre o crime, quando Carolyn começa a descrever como o político foi executado, Eve opina que quem deve ter cometido o crime foi uma mulher.

Diferente da sinopse acima, na verdade Eve é demitida, injustamente na minha opinião. Mas, como canta o Emicida “Às vezes se perde o telhado, pra ganhar as estrelas”. Carolyn a contrata e de assistente ela passa a ser chefe(por causa da opinião que ela deu na reunião e outras coisas mais) e seu objetivo é achar Villanelle.  Eve é uma “fã” de mulheres assassinas, ela estudava psicologia criminal e tinha interesse em saber o que faz uma mulher se tornar uma assassina.

Villanelle aparentemente é uma típica parisiense(mas não nasceu em Paris), porém muito inteligente, agradável, de certa forma engraçada, e perspicaz em sua “área de atuação”. É como se ela trabalhasse em uma agência de assassinato, ela tem muitos clientes, porém não tem contato com eles. Existe um tipo de “assessor” que informa qual o próximo trabalho(vítima), compra as passagens, faz pagamentos, relatórios, feedback e tudo que for relacionado ao serviço. A vítimas não são pessoas comuns, tanto que quando elas são encontradas mortas não existe uma denúncia ou algo do tipo, fica por isso mesmo. Por conta de tantos serviços, ela acaba se tornando aquela pessoa com um pouco de mania de grandeza(além da psicopatia) e se torna desleixada quanto a confidencialidade dos crimes que não devem deixar rastros, além disso ela tem pelo menos dois anos nesse ramo, o que faz com que Carolyn Martens do MI6 comece a procurá-la e no meio dessa investigação ela encontra Eve e Villanelle descobre que Eve está procurando ela.

Apesar do gênero ser drama e suspense, tem comédia sim. Eve é bem engraçada, até Villanelle é, do jeito dela.  A série é bem ambientada, e fala sobre duas mulheres inteligentes e obcecadas pelo que fazem, o que indica uma futura perseguição de ambas as partes.

 

 

MV5BYTVhMmUwZTktMGJlZC00NDUyLWExYjktNDBkZTU3YjU0ODNiXkEyXkFqcGdeQXVyNzQ2NjI4MDM@._V1_UX182_CR0,0,182,268_AL_eve.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s