Top 20 piores serial killers: 2 Ed Gein

Edward Theodore Gein é o cara que inspirou filmes como: “O Massacre da Serra Elétrica”, Bufallo Bill, de “O Silêncio dos Inocentes”, e Norman Bates, de “Psicose”. Ed Gein roubou vários cadáveres e matou pelo menos duas pessoas.

Nascido no dia 27 de agosto de 1906, em La crosse, estado de Wisconsin, Eua. Filho de George e Augusta, Edward teve uma infância difícil juntamente com seu irmão mais velho, Henry. Seu pai era um alcoólatra violento e sua mãe uma fanática religiosa(luterana) que acreditava que o mundo era do diabo e que todas as mulheres, exceto ela, eram prostitutas. Augusta era dona de uma mercearia local e vendeu o local em 1914 para comprar uma fazenda e viver propositadamente em quase completo isolamento. Como resultado, Ed se tornou um menino extremamente solitário e afeminado, características que o levaram a sofrer bastante bullying por parte dos colegas de escola. 

Em 1940 George morreu de insuficiência cardíaca, e os irmãos foram obrigados a começar a trabalhar para ajudar nas despesas de casa. Segundo algumas fontes, nessa época, Henry, o irmão mais velho de Ed, começou a rejeitar abertamente as ideias da mãe controladora. Em 1944, Henry morreu de forma misteriosa, supostamente em um incêndio pois, inicialmente a causa da morte foi asfixia, já que ele não tinha sido queimado ou ferido. Mais tarde foi relatado, na biografia de Gein (escrita por Harold Schechter), que Henry tinha hematomas na cabeça, embora as autoridades tenham declarado sua causa mortis por asfixia. Existem boatos  de que Edward tenha matado o irmão, porque teria ele teria ido até as autoridades para anunciar que seu irmão havia desaparecido. Entretanto, ele conduziu os policiais diretamente até o local onde o cadáver se encontrava.

Em Dezembro de 1945, Augusta morreu em decorrência de uma série de derrames, deixando Ed sozinho e mais perturbado do que nunca, visto que ela era a única pessoa que Gein realmente amava, a única figura feminina de sua vida, seu único elo com a ideia de família e, mesmo, sua única amiga. Depois da morte de sua mãe, para sobreviver Edward começou a alugar quartos da casa na fazenda – como num cortiço. Apenas preservou os quartos utilizados pela genitora. Gein passou a viver, então, em uma pequena sala ao lado da cozinha. Foi nessa época que ele ficou interessado em ler revistas de cultos de morte e histórias de aventuras, particularmente aqueles que envolvem canibais ou atrocidades nazistas.

Ed Gein passou a frequentar cemitérios em busca de cadáveres de mulheres recém-sepultadas, ele levava os corpos para casa e os exumava, desmembrando e criando diversos que ele usava como utensílios e peças de decoração. Gein também produziu talheres feitos com ossos e outros acessórios, como um cinto criado com mamilos, um colar de línguas e nove máscaras criadas com rostos de verdade. Além disso, outros artefatos feitos por Ed incluíam um par de luvas, um baú, um avental, meias, cúpulas de abajures e estofados de cadeiras feitos de pele humana.

Não satisfeito ele passou a matar também, porém ele só confessou dois assassinatos e um desses foi de Bernice Worden  em 1957, quando ela desapareceu e ele foi considerado o principal suspeito, sobretudo por seus hábitos estranhos. Gein chegou a ser visto muitas vezes no cemitério local, além de ficar isolado quase o tempo todo Quando os policiais chegaram ao local, eles não só se depararam com o cadáver de Worden — decapitado, pendurado de ponta-cabeça pelos pés e desviscerado mas, com toda a coleção humana de Ed. A outra vítima foi Mary Hogan que ele matou em 1954. Durante os interrogatórios, Gein revelou que apenas exumava cadáveres de mulheres de meia-idade que ele acreditava guardarem semelhança com sua falecida mãe. Em 1957 as autoridades consideraram Edward Gein mentalmente incompetente e foi enviado para um hospício, porém em 1960 uma equipe médica alegou que ele não tinha problemas mentais, ele foi acusado de assassinato, mas passou a vida sendo enviado de um hospital psiquiátrico a outro, até morrer em decorrência de um câncer de pulmão em 1984. Seu corpo se encontra sepultado no cemitério de Plainfield.

Gente existe muitas informações sobre Ed Gein mas, não consegui verificar a veracidade de todas, mas colocarei abaixo alguns relatos e supostas informações para alimentar a curiosidade de vocês.

  • De acordo com relatos, Edward era um menino tímido, e seus colegas e professores se lembravam dele como tendo maneirismos estranhos, como o riso aparentemente aleatório, como se estivesse rindo de suas próprias piadas pessoais. Desde jovem, Edward já se mostrava meio anormal. E para piorar a situação, sua mãe o punia sempre que ele tentava fazer amigos. Apesar de seu péssimo desenvolvimento social, Edward era excelente aluno, especialmente na leitura.
  • Henry, já mais velho, começou a namorar uma mãe divorciada, decidindo ir morar com ela. Contudo, para não contrariar sua mãe, Henry começou a criar problemas em casa, desviando o foco de seu “problema” para o comportamento de Henry.
  • Quando questionado acerca do circo de horrores que guardava nas prateleiras de casa, Gein disse aos investigadores que entre 1947 e 1952, ele havia feito cerca de 40 visitas noturnas a três cemitérios locais para exumar corpos recentemente enterrados, enquanto ele estava em um estado de “Torpor”. Gein admitiu haver roubado nove túmulos, levando os investigadores a suas localizações.
  • Talvez uma das partes mais macabras da história tenha sido o fato de que Gein, logo após a morte de sua mãe, decidira costurar um terno especial, feito com a pele de sua genitora, de forma que pudesse “vestir sua mãe”.

 

  • Edward desenvolveu a prática de vestir peles curtidas de mulheres. Gein, talvez pela falta de contato com a sexualidade, não tinha certeza de sua natureza como homem ou mulher. Assim, se travestia. Nada de errado em se travestir… Mas os vestidos eram de “couro” humano.

 

  • Outro indício de uma estranha ideia de sexualidade para Gein fora a suspeita de que ele teria feito sexo com os cadáveres, muito embora o assassino tenha negado essa possibilidade, dizendo que os corpos tinham um cheiro insuportável. Isso pode nos levar a concluir que ele pode ter pensado seriamente no assunto.

 

30180026028439

A casa de Ed Gein

30180304277440

Augusta

30181016649463

Alguns artefatos encontrados na casa

30181018149465

Colar de línguas

30181248211472

Ed Gein

Referência

ED GEIN: O ASSASSINO QUE INSPIROU A CRIAÇÃO DE VÁRIOS PERSONAGENS SINISTROS. Disponível em:> https://www.megacurioso.com.br/serial-killers-e-psicopatas/100172-ed-gain-o-assassino-que-inspirou-a-criacao-de-varios-personagens-sinistros.htm<. Acesso em: 21. Fev.2018.

[SERIAL KILLERS] Ed Gein – O Famoso Artesão da Morte. (+18 / NSFW). Disponível em:>http://nerdgeekfeelings.com/serial-killers-ed-gein-o-famoso-artesao-da-morte/<. Acesso em: 21. Fev. 2018.

Top 20 piores serial killers: 1 Jack, o estripador. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s