Top 10 piores síndromes do mundo: # 7 Síndrome de Paris

Apesar do nome, a síndrome não acontece aos parisienses e sim japoneses, em sua maioria, e alguns chineses.  O fenômeno ganhou o apelido de “Síndrome de Paris”. De acordo com um estudo realizado em 2004 pelo professor Hiroaki Ota, psiquiatra japonês radicado na França, ela já acometeu 63 pacientes no período de 1988 até o início do século 21. Os sintomas incluem alucinações, hipertensão, paranoia, tontura e neurose.

O jornal psiquiátrico francês Nervure cita que o desapontamento que muitos visitantes sentem é causado pelas expectativas super romantizadas de Paris como uma cidade de amor, moda e pessoas glamorosas. A cidade é um destino turístico popular devido ao fascínio do Japão com todas as coisas francesas. Cidades como Tóquio estão repletas de pastelarias francesas e lojas de moda francesa de luxo, como Chanel e Louis Vuitton. Cerca de seis milhões de japoneses visitam a França a cada ano. Na cultura popular japonesa, Paris está associada a filmes românticos, como Amelie, e é idealizada como um conto de fadas, com ruas de pedregulho e tudo perfeito.

Quando a realidade da moderna cidade de Paris se instala, com seu serviço notoriamente grosseiro e confusos transportes públicos, alguns turistas simplesmente não conseguem lidar com suas expectativas sendo destruídas. Combinado com exaustão, barreiras linguísticas e barreiras culturais, saudade e choque cultural podem causar sérios problemas psicológicos. A embaixada japonesa em Paris repatria cerca de 20 turistas por ano, enviando-os para casa com um médico ou enfermeiro para garantir que eles se recuperem do choque. A embaixada também administra uma linha telefônica com ajuda 24 horas para expatriados que sofrem a síndrome. Embora as baixas expectativas possam impedir o choque, o professor Hiroaki Ota, que primeiro identificou a síndrome há mais de 25 anos, diz que há apenas uma cura. A reparação permanente é embarcar em um voo para casa e nunca mais voltar para Paris.

Fiquei pensando como deve ser para os estrangeiros que assistem as novelas globais e decidem vir ao Brasil, lindo por natureza mas, tão maltratado.

Referências

Síndrome de Paris: conheça o fenômeno que atinge os turistas. Disponível em:<http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2017/06/sindrome-de-paris-conheca-o-fenomeno-que-atinge-turistas.html&gt; Acesso em: 01 dez.2017

Você sabe o que é a ‘Síndrome de Paris’ e como ela atinge o emocional dos viajantes?. Disponível em:<http://viajay.com.br/blog/visualizar/voc-sabe-o-que-a-sndrome-de-paris-e-como-ela-atinge-o-emocional-dos-viajantes&gt;. Acesso em: 01 dez. 2017

Top 10 piores síndromes do mundo: #1 Síndrome da Amnésia Duplicada

Top 10 piores síndromes do mundo: #2 Síndrome de Cotard

Top 10 piores síndromes do mundo: #3 Síndrome de Fregoli

Top 10 piores síndromes do mundo: #4 Síndrome de Capgras

Top 10 piores síndromes do mundo: #5 Síndrome de Jerusalém

Top 10 piores síndromes do mundo: #6 Síndrome de Stendhal

Top 10 piores síndromes do mundo: #8 Síndrome de Diógenes

Top 10 piores síndromes do mundo: #9 Síndrome de Estocolmo

Top 10 piores síndromes do mundo: #10. Síndrome de Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s