Para que serve um cliente Oculto?

Oi gente, Cliente oculto é uma profissão estilo oo7.

As empresas contratam pessoas comuns para verificar como está sendo feito o serviço prestado pelos colaboradores que trabalham para essas empresas. A pessoa pode ser contrata por clínicas, restaurantes, hotéis, dentre outros. Haverá um treinamento para que a pessoa possa avaliar de forma impessoal e objetiva a qualidade do serviço oferecido para os clientes.

Eu me candidatei para uma vaga de cliente oculto  da Foco no Cliente e preenchi um formulário sobre coisas que gosto, ambientes que frequento e tal. Isso vai servir para quando eu me candidatar para ser cliente oculto de alguma empresa a Foco no Cliente verificar se eu me encaixo no perfil. Se eu for vegetariana eles não me escolherão para ser cliente oculto em uma churrascaria, por exemplo.

Depois do cadastro efetuado aparece as oportunidades disponíveis e você pode escolher a que te interessar.

A questão de pagamento varia muito da empresa. Você pode ser cliente oculto em um salão de cabeleireiro, por exemplo, e o pagamento ser um dia de beleza, um pacote completo. E você irá avaliar a qualidade desse pacote o atendimento desde a entrada até a saída. Logo que me inscrevi apareceu uma oportunidade para uma loja de milk shake. O pagamento seria R$30,00 mais o milk shake. Eu teria que avaliar 39 quesitos. E o objetivo era avaliar as condições gerais das lojas Milk Shakes: limpeza/higiene, condições do local, atendimento, qualidade e apresentação dos produtos, além de verificar as campanhas e ações de marketing implantadas nas unidades visitadas. Ai você pode dizer ” Lídia paga muito pouco”, mas como disse varia muito, eu também achei pouco porque o deslocamento é por minha conta e é um bairro distante, então desses R$30,00 já iria tirar o transporte( o pagamento é depositado em conta corrente em até 30 dias) . Se fosse uma loja de suplementos, mesmo que não pagasse mais eu ganhasse algo, iria kkkkk porque seria interessante para mim.

Enfim, se você não estiver trabalhando ser cliente oculto é interessante para “passar a chuva” existem várias empresas como a Foco no Cliente que você pode se inscrever. Sucesso.

 

Anúncios

Seriado: How to Get Away With Murder

Oi gente, descobri esse seriado semana passada, gostei muito ou melhor estou gostando muito.

Sinopse pelo Minha Série

How to Get Away with Murder é um eletrizante thriller de suspense, da produtora Shonda Rhimes (de Grey’s Anatomy e Scandal), sobre um grupo de ambiciosos estudantes de Direito e sua brilhante e misteriosa professora de defesa criminal, que se vê envolvida em uma trama de assassinato que vai agitar toda a universidade e mudar o curso de suas vidas.

Bom, como essa sinopse é mega resumida vou falar um pouco sobre a série. O nome do seriado é explicado no primeiro episódio. Em português pode ser traduzido para “como se livrar de um assassinato”, Annalise é a atriz principal, Uma renomada advogada criminalista e professora de defesa criminal. Ela é casada com o psicólogo Sam. Aparentemente eles são um casal felizes. Desde o primeiro episódio fica aquele ar de suspeita se a advogada conseguiu ser renomada trabalhando honestamente e dignamente.😏

Se não me engano, a cada nova turma Annalise escolhe alguns alunos e alunas para trabalhar com ela ajudando na defesa dos seus clientes que são os mais variados. Esses estudantes são escolhidos dentre os que mais sobressaem na turma e quem for o melhor dentre os escolhidos ganha um troféu.

Gente, vale tudo pra ganhar a defesa do cliente! E apesar de ter algumas dúvidas sobre o caráter da advogada, ela se entrega no caso, se joga mesmo. Ela não gosta de perder nenhuma causa.

É um seriado muito interessante para ser assistido de forma leiga, tipo eu que não conheço muito a área, e de forma crítica porque realmente acontecem muitas coisas de caráter duvidoso, incluindo assassinato.

images.jpg

 

Livro: Brilhante

Oi gente, ontem postei sobre o filme O contador que é um personagem autista e lembrei que recentemente eu li um livro sobre autismo, Brilhante, a inspiradora história de uma mãe e seu filho gênio e autista.

Descrição retira do Le Livros

Jacob Barnett tem QI mais aLto do que Einstein, uma prodigiosa memória fotográfica e aprendeu cálculo matemático sozinho em duas semanas.Com nove anos começou a desenvolver uma teoria original em astrofísica – que, para os acadêmicos da área, um dia pode levá-lo ao prêmio Nobel – e aos doze tornou-se pesquisador remunerado em física quântica na universidade. Mas a história de Jake é ainda mais notável: sua mente extraordinária quase se perdeu para o autismo. Quando foi diagnosticado, aos dois anos, a previsão mais otimista era a de que conseguiria amarrar seus próprios sapatos aos dezesseis. Especialistas concentravam esforços em desenvolver no menino habilidades práticas, mas sua mãe, Kristine, notava que ele se isolava cada vez mais. Contra a opinião do marido e dos profissionais, ela decidiu seguir seus instintos: tirou Jake da educação especial e começou a prepará-lo sozinha para a escola convencional. Kristine mantinha uma creche na garagem de casa, e sua experiência lhe dizia que era preciso encontrar o “brilho” de Jake, sua chama de interesse e paixão. Por que não focar no que ele podia fazer? E também investir naquilo que atraía sua atenção, como sombras se movendo na parede ou estrelas no céu. Essa filosofia básica, somada à crença no poder de uma infância comum e na importância de brincar, foi decisiva para o sucesso – além da fé inesgotável na família, nos amigos e em sua comunidade. Brilhante trata do poder do amor e da coragem diante de obstáculos quase intransponíveis. Narrada pela própria Kristine de forma cativante e dramática, essa é uma belíssima história de superação que pode inspirar leitores de todos os tipos.

A Kristine conta com detalhes desde o nascimento de Jacob, aparentemente normal a descoberta do autismo com dois anos. É muito interessante saber a opinião dela sobre o assunto, as decisões difíceis que ela precisa tomar para tentar desenvolver o Jacob. Abrir uma creche especial para outras crianças especiais, começando do zero, sem muito conhecimento científico e mesmo assim acreditar que é possível. Para não ficar contando o livro, em resumo é uma história linda de superação, força de vontade, fé, alegria. Se puder leia, será enriquecedor.

baixar-livro-brilhante-kristine-barnett-em-pdf-epub-e-mobi-ou-ler-online-370x532

Emoção x Sentimento

Oi gente, vocês sabem o que é emoção e sentimento e qual a diferença entre os dois? Hoje é o dia de destrinchar essas duas palavras muito utilizadas no nosso vocabulário, muitas vezes de forma incorreta.

Segundo Dalgalarrondo (2008, p. 156) “As emoções podem ser definidas como reações afetivas agudas, momentâneas, desencadeada por estímulos significativos. Assim, a emoção é um estado afetivo, intenso, de curta duração, originado geralmente como a reação do indivíduo a certas excitações internas ou externas, conscientes ou inconscientes.”

“Os sentimentos são estados e configurações afetivas estáveis; em relação às emoções, são mais atenuados em sua intensidade e menos reativos a estímulos passageiros. Os sentimentos estão comumente associados a conteúdos intelectuais, valores, representações e, em geral, não implicam concomitantes somáticos. ” Dalgalarrondo (2008, p. 156)

Trazendo para uma linguagem mais informal, a emoção pode ser definida como algo de momento que pode ser “acionado” de acordo a um acontecimento, ela também é multidimensional porque vai envolver o subjetivo, biológico e social. Subjetivo, pois nos fazem sentir de determinado modo, tal como zangados ou alegres. Biológicas, porque preparam o corpo para adaptar-se a situações de enfrentamento, mesmo sem saber qual.E social, devido as “caras e bocas” que fazemos, mudamos a postura, sinais faciais a tonalidade da voz.

Exemplo: quando estamos com raiva, sentimos o desejo motivacional de bater ou socar algo ou alguém, mas se não fosse ela seríamos bem mais pacíficos. Quem nunca fez besteiras em momentos de raiva e depois que ela passou você fica tipo… WHAT?

Já o sentimento não está ligado a algo do momento e sim ao mental. São mais conscientes, como se fossem ideias sobre o corpo quando algo acontece e é desencadeada a emoção. O sentimento traz a” juízo ” as emoções, pois apesar de sentirmos nem sempre são verdadeiras.

Exemplo: As vezes achamos que é amor, mas era só tesão.(aff)

Sentimento e emoção andam juntos mas, não são a mesma coisa. Em um assalto, geralmente, o que vem primeiro, aquela descarga de adrenalina em que você está preparado  e atento para uma situação de fuga e auto proteção ou o medo? Primeiro vem a emoção que prepara o seu corpo biologicamente com uma descarga de adrenalina que deixa todos os seus sentidos atentos e aguçados, seus batimentos cardíacos acelerado juntamente com a corrente sanguínea para uma possível escapatória. Depois disso vem o medo, acredito que você já deve ter ouvido várias histórias de pessoas que na hora do assalto agiram pela emoção e depois dizem ” na hora eu nem pensei” . O medo chega depois quando se pensa ” eu poderia ter morrido”.

Bom gente, tentei resumir e deixar em uma linguagem bem prática. Existem livros e livros, artigos e mais artigos que falam sobre sentimento e emoção, com definições amplas e diferentes. Eu preferi usar Dalgalarrondo e Reeve que foram um dos caras que mais “vi” na minha graduação Não estou trazendo uma verdade absoluta e sim uma ideia do que é sentimento e emoção a partir dos estudos deles. Farei outros posts falando mais sobre esse tema, tem muita coisa.

Referências

-Dalgalarrondo, Paulo. Psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, 2008. 440p.

-Reeve, Johnmarshall. Motivação e emoção. 4ed. LTC, 2006. 356 p

 

Filme: O contador

Olá, recentemente assisti ao filme O contador com o charmoso Ben Affleck(mais conhecido como Batman).

Sinopse do Adoro Cinema

Desde criança, Christian Wolff (Ben Affleck) sofre com ruídos altos e problemas de sensibilidade, devido ao autismo. Apesar da oferta de ir para uma clínica voltada para crianças especiais, seu pai insiste que ele permaneça morando em casa, de forma a se habituar com o mundo que o rodeia. Ao crescer, Christian se torna um contador extremamente dedicado, graças à facilidade que tem com números, mas antissocial. A partir de um escritório de contabilidade, instalado em uma pequena cidade, ele passa a trabalhar para algumas das mais perigosas organizações criminosas do mundo. Ao ser contratado para vistoriar os livros contábeis da Living Robotics, criada e gerenciada por Lamar Blackburn (John Lithgow), Wolff logo descobre uma fraude de dezenas de milhões de dólares, o que coloca em risco sua vida e da colega de trabalho Dana Cummings (Anna Kendrick).

O filme é muito interessante, sou suspeita para falar porque quando ouvi “autismo” já me interessei. Cristian é mega inteligente na área de exatas, tem suas peculiaridades devido ao autismo, mas graças ao pai que preferiu educá-lo de uma forma diferente, ele consegue viver socialmente, trabalhar, dirigir e etc.. Socialmente ele tem dificuldades, mas consegue estabelecer um contato básico para exercer sua função, todavia é muito obsessivo com organização dentre outras coisas. Bom, pra não acabar contando o filme… vou colocar o trailer abaixo(kkk) e seria legal se houvesse a continuação.

 

 o-contador-poster-203x300o-contador-poster-203x300